As empresas estão buscando cada vez mais acelerar a inovação digital e alavancar tecnologias emergentes para superar a pandemia do COVID-19. Uma recente pesquisa global da Gartner com CIOs identificou os aprendizados práticos que empresas e CEOs devem considerar ao traçar seu caminho para o digital em 2021. Confira:


1. PROTEGER O LOCAL DE TRABALHO


A necessidade de um escritório não é mais uma prioridade com o trabalho remoto impulsionado pela pandemia, mas a experiência de trabalho terá que permanecer consistente. Para isso, as empresas precisarão incorporar conhecimentos adicionais de segurança em sua infraestrutura. Isso facilita a capacidade de garantir conexões seguras onde quer que os colaboradores estejam.


2. ADOÇÃO RÁPIDA DE FERRAMENTAS


As empresas devem avaliar novas ferramentas e verificar a possibilidade de personalizá-las para corresponder às necessidades dos negócios.


Muitas empresas desperdiçam orçamentos e boa vontade introduzindo ferramentas que não são usadas e acabando sobrecarregando o time.


Um planejamento completo antes da adoção da tecnologia é mandatório. É melhor lucrar com uma implantação um pouco mais lenta e bem-sucedida em vez de “se perder” em ferramentas e aplicativos desnecessários.


3. MAIS INVESTIMENTO EM FORMAÇÃO


A transformação digital vem se acelerando, e segundo aponta a pesquisa da Gartner não há profissionais qualificados suficientes para preencher os empregos que a apoiam.


Desde a pandemia, as empresas reforçaram suas estratégias de aprendizado virtual para aumentar as habilidades dos times em, por exemplo, ciência de dados, inteligência artificial, machine learning, nuvem e outras tecnologias para as quais os talentos estão em falta evitando assim que lacunas de habilidades dificultem a inovação.


4. INEVITABILIDADE DA MUDANÇA


Se 2020 nos ensinou alguma coisa é que tudo pode mudar da noite para o dia e as organizações devem se adaptar a isso. Se sua empresa não é flexível, adaptável e pronta para agir, provavelmente, será deixada para trás.


Estamos passando por um momento de mudanças profundas em todos os níveis. Uma delas aponta para uma digitalização completa. Os líderes precisam pensar como isso impacta sua empresa e começar a agir.


5. REAVALIAÇÃO FORÇADA DE PRIORIDADES


O surto digital provocado pela COVID-19 também mostrou que a transformação digital bem-sucedida requer mais do que apenas entusiasmo.


Com pressa para migrar para canais digitais nos primeiros dias da pandemia, muitas organizações simplesmente transformaram processos de papel longos e complicados em processos online longos e complicados.


Iniciativas digitais mal executadas podem criar problemas ainda maiores na experiência do cliente. Uma reavaliação forçada de prioridades é necessária. É preciso saber onde focar seus esforços digitais sem perder de vista seus clientes. Uma transformação digital bem-sucedida exige uma estratégia de orientação centrada no cliente.