São muitos os desafios na hora de avançar em direção à Transformação Digital. Transformar o seu negócio envolve riscos. Contudo, as recompensas para aqueles que adotam a transformação digital são enormes; já as consequências para os demais podem ser drásticas ou mesmo fatais.


Não adianta passar por longos processos quando seus concorrentes já estão apresentando resultados, principalmente em cenários complexos como o que estamos vivendo. Pequenas evoluções continuadas são mais importantes do que uma solução robusta daqui a dois anos. É preciso começar. Pensando nisso, veja os ERROS COMUNS das empresas no processo de Transformação Digital:


1 – NEGAÇÃO


Ou seja: quando as empresas rejeitam mudanças tecnológicas. Muitas vezes elas confiam em sua experiência e assumem que as mudanças tecnológicas são para empresas grandes ou de países desenvolvidos. Vale lembrar o caso da Sears Holding que declarou falência nos Estados Unidos em 2018 após 132 anos de história. O comércio eletrônico venceu a batalha.


2 – CONFUSÃO


Achar, por exemplo, que fazer Marketing Digital significa que sua empresa está se transformando digitalmente. Não tem nada a ver com melhorar sua página web ou adotar uma participação mais ativa nas redes sociais. A transformação é muito mais completa e implica uma mudança cultural na empresa.


3 – SER EXCELENTE BASTA


Errado. Na era digital, o sucesso não está relacionado à eficiência. Ele é medido na agilidade das organizações.


4 – APARÊNCIA IMPORTA


Algumas empresas decidem viajar para o Vale do Silício, nos Estados Unidos, para conhecer projetos. Outras decidem adotar treinamento para usuários em metodologias ágeis, e há quem organize hackathons com startups. Transformar seu negócio significa projetar uma estratégia que considere a visão do cliente, sua oportunidade no mercado, o roadmap projeto e os concorrentes existentes no mercado. Não importa o que você aparenta, mas o que o cliente espera.


5 – DE OLHO NA TECNOLOGIA DO VIZINHO


É um erro adotar plataformas semelhantes às dos concorrentes sem um objetivo em mente. É sempre importante considerar se é realmente necessário adquirir uma plataforma tecnológica, e se isso está alinhado com o objetivo do negócio. A tecnologia não garante que você que não cometa um erro. Tecnologia não deve estar no centro, mas sim o cliente.


6 – IGNORAR O FATOR HUMANO


É um erro acreditar que a transformação digital é apenas sobre tecnologias digitais. A transformação digital deve estar focada nas pessoas. O gerenciamento de mudanças deve ser predominante em projetos de transformação digital porque o fator humano pode rejeitar iniciativas de transformação digital. Os principais desafios para as empresas estão relacionados à rejeição das pessoas pela transformação digital, não a adoção tecnológica.


7 – O PROBLEMA É DA TI


A transformação digital é frequentemente identificada como de responsabilidade exclusiva da TI. É vital alinhar todas as partes interessadas em uma visão compartilhada, onde sejam consideradas a oportunidade, o tempo de execução e o impacto nos negócios de uma empresa transformada.


8 – DE OLHO NAS SOLUÇÕES PRONTAS


Não procure por soluções prontas. Transformação digital não se trata de encontrar soluções prontas, mas de encontrar a combinação certa de tecnologias que vão fazer sentido para o seu negócio. Procure ajuda especializada.


A GoEPIK oferece uma plataforma hipercustomizável de Transformação Digital que atende todas as áreas de negócios e integram tecnologias como Realidade Aumentada, IoT (Internet das Coisas), Machine Learning, Analytics, Workflows e Checklists, entre outros. Registre-se e experimente por 7 dias grátis: